Casos com aviões pequenos batem recorde em 2012

O Estado de S.Paulo

05 de fevereiro de 2013 | 02h05

A aviação civil brasileira bateu recorde de acidentes com aeronaves de pequeno porte no ano passado. Foram 168 registros, ante 159 em 2011. As estatísticas vêm crescendo na última década - houve 61 registros em 2002. É o maior número da série histórica e oficial, iniciada em 2000. Apesar disso, caiu o número de mortes: 71, ante 90 em 2011, segundo o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa). O número de acidentes com avião também é o recorde da década: 146 - foram 53 em 2002. Já o número de acidentes com helicópteros caiu de 27 para 22 - os dois casos com maior número de mortes (8 em cada), no entanto, envolveram helicópteros.

Canetas. Entre os outros riscos à aviação relatados em 2012 estão até uso de canetas a laser na área de aeroportos. Até a véspera do Natal, o Cenipa registrou 1.624 casos em todo o País, ante 250 em 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.