Caso Mércia: Mizael terá júri em Guarulhos

A 2.ª Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) negou, por unanimidade de votos, o pedido da defesa do advogado e ex-policial militar Mizael Bispo de Souza, para que seu julgamento fosse realizado na comarca de Nazaré Paulista e não em Guarulhos (SP). Ele vai a júri popular sob acusação de ter matado a ex-namorada Mércia Nakashima, também advogada, em 2010. Ainda não há data prevista para o julgamento, mas a expectativa é de que a Justiça paulista marque o júri para o primeiro semestre do próximo ano.

O Estado de S.Paulo

05 de dezembro de 2012 | 02h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.