Caso dos beagles: ativistas protestam no Fórum de São Roque

Grupo reclama da suposta demora na investigação de maus-tratos contra beagles pelo Instituto Royal, que anunciou o fim de suas atividades

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

06 Novembro 2013 | 15h12

SÃO ROQUE - Com carro de som e cartazes, cerca de 50 ativistas fazem um protesto na tarde desta quarta-feira, 6, na frente do Fórum de São Roque, interior de São Paulo. Em discursos inflamados, eles reclamam da suposta demora na apuração de maus-tratos aos cães da raça beagle pelo Instituto Royal. Apesar de terem sido informados de que a organização decidiu encerrar suas atividades, que incluíam testes nos animais, o grupo manteve o protesto.

Os ativistas querem que os cães que foram retirados do instituto sejam mantidos com os atuais detentores. Também pedem o encerramento da investigação pela retirada dos animais, no dia 18 de outubro, e mais pressa na apuração dos supostos maus-tratos.

Cinco integrantes do grupo foram recebidos pelo promotor que cuida do caso, Wilson Velasco. O Fórum de São Roque está fechado, por casa da manifestação, e o atendimento ao público foi suspenso. Ao redor do fórum estão 30 policiais militares e 25 guardas civis da cidade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.