Caseiro é preso acusado de matar duas pessoas em Itapecerica

Segundo policiais, homem confessou ter assassinado uma mulher de 35 anos e a filha dela de 2

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

23 de janeiro de 2008 | 02h42

Policiais militares detiveram, no final da tarde de terça-feira, 22, o caseiro Severino Januário Batista da Silva, de 33 anos, acusado de matar, há cerca de 20 dias, uma mulher de 35 anos e a filha dela, de aproximadamente 2 anos. O crime ocorreu em um sítio, do qual Severino é caseiro, localizado na Estrada Romualdo Crem, no bairro da Aldeinha, zona rural de Itapecerica da Serra, região sudoeste da Grande São Paulo. Por volta das 17h30 de terça-feira, testemunhas estranharam ao ver o cachorro do sítio latindo sobre o poço. A polícia foi chamada e, ao chegar, encontrou no fundo do local os corpos da mulher e da criança, ambos já em estado avançado de decomposição. Segundo os policiais, o caseiro foi localizado minutos depois nas imediações da casa. Ainda segundo a versão da polícia, Januário confessou o crime na delegacia. Ele relatou que numa discussão empurrou a mulher, que estava com a criança no colo. Na queda, a menina teria batido a cabeça e morreu. Depois matou a mulher a socos, pontapés e golpes com arma branca e jogou os corpos no poço. O marido da vítima está desaparecido há cerca de 60 dias. Todos eles moravam no sítio.

Tudo o que sabemos sobre:
assassinato

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.