Caseiro é denunciado por morte de menina

O caseiro Erivaldo Francisco de Moura passou a ser réu no caso da morte de Grazielly Almeida Lames, de 3 anos, em fevereiro de 2012. A menina foi atingida por um jet ski em Bertioga. Dois mecânicos, que teriam sido imprudentes no reparo do veículo, e o dono do jet ski já haviam sido denunciados. Moura foi responsável por colocar o veículo na água. Um dos filhos do dono o ligou e o jet ski seguiu desgovernado.

O Estado de S.Paulo

22 de fevereiro de 2013 | 02h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.