Casas suspendem atividade e divulgam licenças na internet

Ontem à tarde, pelo menos mais duas casas noturnas de São Paulo optaram por fechar as portas temporariamente: a Sarajevo SP e a Alberta #3, ambas no centro.

O Estado de S.Paulo

31 Janeiro 2013 | 02h00

Em sua página no Facebook, a Sarajevo SP informou que a medida foi tomada para realizar modificações necessárias para melhor atender o público. A casa localizada na Rua Augusta tem alvará de funcionamento, segundo a Prefeitura.

"A inspeção do Corpo de Bombeiros também está em dia, mas pausaremos nossas atividades por um breve período", informa a boate, na nota na rede social. A Alberta #3 adotou a mesma decisão de fechar as portas, mas não justificou o motivo.

Outras boates optaram por aproveitar a internet para prestar esclarecimentos a seus clientes. O Na Mata Café, no Itaim-Bibi, na zona sul da capital, chegou a publicar no seu perfil oficial no Facebook sua licença para funcionar e o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), ambos com datas válidas.

A Villa Mix e o Rey Castro, duas casas noturnas da Vila Olímpia, também afirmam em seus sites que estão em dia com a fiscalização, mas não apresentaram os documentos. A segunda casa colocou no perfil do Facebook imagens das portas de segurança, iluminação de emergência e extintores de incêndio. / A.F. A.R. E B.R.

Mais conteúdo sobre:
Santa MariaKiss

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.