Casas que racharam por obra em via

Fenda. Pelo menos 19 moradores de Pirituba reclamaram de problemas

Márcio Pinho, O Estado de S.Paulo

28 de abril de 2011 | 00h00

Casas da Rua Francisco Coelho, em Pirituba, na zona norte de São Paulo, vizinhas da Rodovia Anhanguera, ganharam rachaduras nos dois últimos anos. O motivo foi uma obra realizada pela concessionária Autoban para construir pistas marginais à rodovia - como moradores informaram ao Estado, em reportagem publicada em setembro. A rua em que eles vivem fica às margens da pista sentido interior da Anhanguera.

Após a conclusão da ampliação, em outubro, reparos começaram a ser feitos pela Autoban nas casas. Segundo a concessionária, foram contemplados os 17 imóveis cujos moradores reportaram o problema com mais antecedência - um deles faz a obra por conta própria. Outros dois apontaram o problema mais recentemente e também serão atendidos.

Para construir as marginais, a concessionária teve de recortar parte de uma elevação vizinha da pista (as casas ficam no topo) e construir um muro de arrimo para dar estabilidade.

Segundo os moradores, além de uma fenda aberta no fundo das casas da rua, a obra fez com as residências passassem a tremer quando caminhões trafegam pela rodovia.

A Autoban afirmou que seriam necessários estudos para afirmar que a ampliação foi responsável pelas rachaduras.

A construção das marginais integra a série de obras chamada Complexo Anhanguera.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.