Casal forja assalto para não pagar fotografias

Mulher admite farsa em DP da zona oeste do Rio, após namorado ser preso

Pedro Dantas / RIO, O Estado de S.Paulo

27 Julho 2011 | 00h00

Moradores do Recreio dos Bandeirantes, bairro de classe média da zona oeste do Rio, o casal formado por Marcelo de Araújo de Oliveira, de 28 anos, e Vanessa Bezerra Martins de Andrade, de 34, foi reprovado no concurso para golpistas. Na tarde de segunda, a dupla tentou forjar um assalto para não pagar R$ 1.600 parcelados à fotógrafa Cristiane Zarelli, pelo álbum de fotos da formatura da filha de Vanessa - e acabaram presos.

No dia da entrega das fotos e do pagamento, as duas marcaram um encontro na Estrada dos Bandeirantes e foram "surpreendidas" por um homem, que dizia estar armado. Ele levou o dinheiro e as fotografias.

Elas foram até a 42.ª Delegacia de Polícia do Recreio para registrar a ocorrência. Minutos depois, os PMs chegaram com um detido, que usava as mesmas roupas descritas pelas vítimas. Vanessa ficou nervosa, caiu em prantos e revelou a armação. Ela disse que pediu ao namorado que fingisse o assalto para não pagar a dívida. Única vítima verdadeira, a fotógrafa ficou estupefata. A pistola que Marcelo dizia ter na cintura era de fita adesiva.

Sem chance. Em depoimento, Vanessa tentou livrar o namorado e disse que a ideia foi dela. Filho de um PM, Marcelo foi aprovado no concurso da corporação, mas não será chamado. De acordo com a PM, antecedentes criminais reprovam o candidato na pesquisa social. "Ela já tinha uma passagem por estelionato e ele na Lei Maria da Penha (agressão a mulher)", disse a delegada Adriana Belém. Os dois foram indiciados por roubo - e Vanessa ainda por estelionato.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.