Casal é vítima de sequestro relâmpago na zona sul de SP

Dupla foi obrigada a entregar cartões bancários para os criminosos que seguiram para um hipermercado; PM´s cercaram o local e prenderam os ladrões

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

22 Março 2011 | 03h01

SÃO PAULO - Um casal de colegas, ambos bancários, foram feitos reféns por cerca de uma hora e meia, na noite de segunda-feira, 22, após serem abordados por dois assaltantes na rua Chafik Maluf, na região de Santo Amaro, zona sul de São Paulo.

 

Sob a mira de um revólver calibre 38, por volta das 20 horas, o casal, que ocupava um Citroën Xsara Picasso cinza, foi obrigado a seguir com os criminosos até a loja do hipermercado Extra no cruzamento entre as avenidas Interlagos e Yervant Kissajikian. Alertados por testemunhas que desconfiaram dos ocupantes do Xsara, policiais militares da Força Tática do 22º Batalhão foram até o hipermercado na tentativa de encontrar o carro.

 

"O estacionamento estava muito cheio, então fomos direto para o interior da loja, onde detivemos um dos dois criminosos. O outro estava com as vítimas no carro e, ao ver o comparsa saindo da loja com os policiais, obrigou o bancário a deixar o estacionamento, mas outras viaturas fizeram o cerco e pararam o veículo na avenida Interlagos", relatou o tenente Marcelo Severo.

 

Segundo o policia, Alex Silva Pereira de Lima, 22, já havia sacado uma certa quantia da conta de uma das vítimas e com ele havia R$ 1.176,00. A arma, em posse de Carlos Anderson dos Santos, 23, estava com numeração raspada e municiada com seis balas. A dupla foi encaminhada o 99º Distrito Policial, do Campo Grande, e autuada em flagrante por roubo com retenção de vítima e porte ilegal de arma.

Mais conteúdo sobre:
Sequestro, Santo Amaro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.