Google
Google

Motorista de aplicativo é morto a facadas na zona leste de SP; casal é suspeito

Homem de 39 anos era feirante e fazia dupla jornada; vítima chegou a ser atendida, mas veio a óbito no hospital

Luiz Carlos Pavão, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2021 | 16h49

A Polícia Civil de São Paulo investiga um crime de latrocínio ocorrido na noite desta quinta-feira , 7, no bairro Colônia, zona leste da capital. Um motorista de aplicativo de 39 anos foi morto a facadas após atender a uma chamada de fora do aplicativo no terminal AE de Carvalho. A vítima ainda foi socorrida para o Hospital Santa Marcelina, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. 

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luciano Augusto Pires Filho, do 53º DP, onde o caso foi registrado, por volta das 21h a Polícia Militar foi acionada para atender a um chamado de uma vítima de roubo que havia sido ferida por facadas. 

Ao chegar no local, a vítima disse aos policiais que os autores do crime seriam o casal que requisitou a corrida, mas não conseguiu dar mais detalhes. Com isso, as investigações em andamento têm estes como principais suspeitos.

Ainda de acordo com a polícia, o celular da vítima, que foi roubado no crime, registrou sua última localização na Rua Zituo Karasawa, também na zona leste. 

O delegado Pires Filho disse que existem algumas imagens e que se está ouvindo parentes da vítima na tentativa de localizar os suspeitos: “Como é um caso grave, estamos implementando todos os recursos para que, o quanto antes, possamos localizar e prender os autores do crime”, afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.