Casal é preso por vender anestésico animal para usuários de droga

Dupla foi indiciada por falsificação e adulteração de produtos terapêuticos/medicinais

Laura Maia de Castro, O Estado de S. Paulo

10 Abril 2014 | 12h36

SÃO PAULO - Um casal foi preso em flagrante por vender substâncias veterinárias anestésicas, usadas como drogas alucinógenas, na noite dessa quarta-feira, 9, na Praça Franklin Roosevelt, no centro de São Paulo.

Segundo a Polícia Civil, o motoboy M.R.V., de 30 anos, e A.C.R.S., de 34 estavam em um Citroen C3 prata com 15 frascos de Cetamin, substância veterinária conhecida como "Special K", consumida em casas noturnas, além de R$ 1.850. Eles foram indiciados por falsificação e adulteração de produtos terapêuticos/medicinais e associação de duas ou mais pessoas.

Segundo a polícia, na delegacia, um dos investigadores atendeu o celular do preso, se passou por ele e combinou um encontro com um usuário na Rua Augusta. O homem confirmou que o traficante vendia a droga "Key" e explicou que para o anestésico ser inalado em pó, precisa antes ser aquecido no micro-ondas.

O celular, o carro, o dinheiro e a substância foram apreendidos e encaminhados à perícia do Instituto de Criminalística (IC).

Mais conteúdo sobre:
anestésico animal Special Key

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.