Casal é baleado em tentativa de assalto na Avenida 9 de Julho

Homem foi atingido três vezes e está em estado grave; mulher levou tiro na perna esquerda, mas passa bem

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

03 de outubro de 2008 | 10h03

Um casal foi baleado por volta das 6 horas desta sexta-feira, 3, na altura do número 3.500 da Avenida Nove de Julho, no Jardim Paulista, na zona sul de São Paulo. Segundo informações do boletim de ocorrência, o homem baleado, um autônomo, voltava de uma casa noturna da Rua Augusta com dois amigos dentro de um Honda Civic e, ao avistar duas mulheres paradas na calçada, decidiu descer do carro para abordá-las.   Porém ele não sabia que elas faziam parte de um trio de criminosos e, enquanto conversavam, um homem armado e desconhecido que estava escondido apareceu e anunciou o assalto. O autônomo reagiu e iniciou luta corporal com o bandido. Os rapazes que também estavam no carro pensaram em ajudar o amigo na briga, mas, ao ouvirem os disparos, foram buscar ajuda.   Segundo testemunhas, o autor dos disparos e as duas mulheres, que participaram do crime, fugiram a pé pela Rua Cravinhos e, em seguida, pegaram um táxi na Alameda Casa Branca. Um dos tiros atingiu a perna esquerda de uma mulher que passava pelo local. Ela foi encaminhada ao Hospital São Paulo e não corre risco de morte.   Já o homem, socorrido ao Hospital das Clínicas, foi atingido no pescoço, no abdômen e na virilha e está internado em estado grave. Foi solicitada perícia para o local dos disparos e, por isso, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) interditou a faixa da direita da via.   Policiais do 78.º Distrito Policial, nos Jardins, identificaram os supostos envolvidos na tentativa de assalto, por meio de imagens do circuito interno de um prédio.   Atualizado às 15 horas para acréscimo de informações

Tudo o que sabemos sobre:
casal baleadovítima

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.