Vanderley Santos
Vanderley Santos

Casal de catadores morre soterrado por barranco em aterro sanitário

Vítimas ficaram com os corpos totalmente cobertos pela terra em Indiana, no oeste do Estado

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

15 de janeiro de 2019 | 18h12

SOROCABA - Um casal de catadores de recicláveis morreu soterrado ao ser atingido pela queda de um barranco, na tarde de segunda-feira, 14, no aterro sanitário municipal de Indiana, no oeste do Estado de São Paulo. As vítimas, um homem de 59 anos e uma mulher de 50, ficaram com os corpos totalmente cobertos pela terra, que estava um pouco úmida pelas chuvas. 

O irmão de uma das vítimas que também recolhia recicláveis no local pediu ajuda ao Corpo de Bombeiros. Os corpos foram resgatados da vala no início da noite, já sem vida. A prefeitura informou que a área é fechada com cerca, mas foi invadida pelos catadores.

O resgate foi feito com a ajuda de máquinas para a remoção da grande quantidade de terra que deslizou. A área foi interditada após a retirada dos corpos e passava por avaliação na tarde desta terça-feira, 15. As vítimas foram levadas para necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de Presidente Prudente.

Em nota, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) lamentou o acidente e informou que o aterro sanitário recebeu licença de operação em 2015, válida até 2020. “Neste caso, cabe à prefeitura cumprir as exigências contidas no documento, entre as quais a restrição de acesso ao local.” No fim da tarde desta terça, uma equipe da Cetesb ainda fazia avaliações na vala em que aconteceu o acidente.

A prefeitura informou que toda a área é cercada e tem portão fechado com cadeado, mas os catadores transpõem a cerca e invadem o local. A Polícia Civil abriu inquérito para apurar as causas das mortes.

Segundo a polícia, embora o caso seja tratado como mortes acidentais, será investigado se houve omissão ou negligência nos cuidados com o aterro. Testemunhas foram ouvidas nesta terça-feira. Um representante da prefeitura também deverá depor.

 

Tudo o que sabemos sobre:
aterro sanitáriodesabamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.