Casa desaba dois dias após morador sair com medo de rachadura

Defesa Civil interditou imóvel, que caiu quatro metros após chuva contínua na zona norte de São Paulo

Bruno Lupion, Estadão.com.br

03 Março 2011 | 08h17

SÃO PAULO - Uma casa desabou parcialmente na Rua Professor Alberto Levi, na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira, 3, dois dias após ser interditada pela Defesa Civil. Não havia ninguém no local no momento do acidente e não houve feridos.

 

Na terça-feira, o morador desconfiou de uma rachadura e chamou os técnicos, que determinaram a desocupação imediata da residência. Segundo eles, a casa precisaria ser demolida e reconstruída. O inquilino acatou a decisão e se hospedou na casa de parentes.

 

Por volta da 1h30 desta madrugada, a terra que sustentava a casa escorregou e metade do quarto veio abaixo, a uma altura de aproximadamente 4 metros. O acidente foi registrado no 9º Distrito Policial, no Carandiru.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.