Cartunista Laerte perde 12 anos de acervo ao ter casa invadida

Ladrões levaram computadores e outros eletrodomésticos; imóvel não tem sistema de segurança

JULIANA DEODORO , ESPECIAL PARA O ESTADO, O Estado de S.Paulo

04 de maio de 2012 | 03h02

O cartunista Laerte Coutinho teve sua casa arrombada e todo seu acervo furtado, na madrugada do feriado do Dia do Trabalho, dia 1.º. A invasão à residência somente foi descoberta quando ele chegou de viagem e encontrou a porta da cozinha violada. Laerte mora no bairro Rio Pequena, zona oeste de São Paulo, e esta foi a primeira vez que foi alvo de bandidos.

Desenhos do cartunista feitos nos últimos 12 anos estavam armazenados no disco rígido dos computadores levados pelos assaltantes. "Fui vítima da minha falta de cuidado com o backup", afirmou Laerte. Além dos dois aparelhos, um DVD, dois botijões de gás e o documento de um carro também foram furtados.

Para o delegado Celso Lahoz Garcia, do 93.° Distrito Policial (Jaguaré), onde a ocorrência foi registrada, o caso é um furto comum, e o inquérito já foi instaurado. Segundo Garcia, a casa de Laerte não tinha nenhum sistema de segurança, o que poderia "inibir os assaltantes".

Apesar de perder todo o acervo e de ter tomado um susto, Laerte disse que não vai adotar a partir de agora uma postura "segurancista" e disse que mudará pouca coisa em sua casa. "É, metaforicamente, um jeito de trancar sua pessoa e não quero isso para mim", afirma. "As pessoas costumam adotar atitudes 'segurancistas' depois de experiências como essa, o que é apenas uma maneira de fugir do problema."

O cartunista disse que já começou a pensar em como recuperar o acervo roubado. "Vai ser um trabalho insano, mas o que tem de ser feito, tem de ser feito." O acervo anterior a 2000 ainda não havia sido digitalizado. O cartunista afirmou também que pode se mudar da casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.