Carro de vítima é achado no interior

O Honda Civic do analista de sistemas Eugênio Bozola, de 52 anos, foi encontrado ontem em Sertãozinho, interior de São Paulo. Ele e o modelo Murilo Rezende da Silva, 21, foram mortos terça-feira em um apartamento na Rua Oscar Freire. A polícia já sabe que o carro passou pelo pedágio de São Simão, em Ribeirão Preto, às 5h30, na terça-feira. O suspeito do duplo assassinato, Lucas Cintra Zanetti Rossetti, de 21, está foragido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.