Carro bate em ônibus, pega fogo e família inteira morre no Rio

Motorista perdeu controle após atropelar mulher que atravessou a pista; acidente deixou 5 carbonizados

ANTONIO PITA / RIO, O Estado de S.Paulo

04 de novembro de 2012 | 02h03

Grave acidente entre um Astra e um ônibus matou seis pessoas na Estrada Via Lagos, na altura da cidade de Rio Bonito, no interior do Rio, anteontem à noite. Três adultos e duas crianças eram da mesma família. Eles estavam no automóvel que seguia de Araruama, no litoral fluminense, em direção ao Rio.

No caminho, o veículo atropelou uma mulher que atravessava a via, fazendo o motorista perder o controle da direção e se chocar de frente com um ônibus que estava na direção contrária. O Astra foi arrastado por alguns metros, embaixo do ônibus, e então pegou fogo. O ônibus também se incendiou. O acidente aconteceu por volta das 21h30 no km 17 da Via Lagos.

A família que estava no carro morreu carbonizada. O motorista do ônibus e seis passageiros ficaram feridos. Fabiana Moraes da Silva, de 26 anos, vítima do atropelamento, foi socorrida, mas morreu no local. De acordo com os bombeiros, dois homens, uma mulher e duas crianças, de 3 e 4 anos, estavam no carro.

Dos sete feridos, entre os quais uma mulher de 73 anos, seis tiveram ferimentos leves e escoriações. Só o motorista do ônibus, Gustavo da Costa, de 34 anos, continuava internado ontem em um hospital de Bangu, na zona norte do Rio. Ele bateu a cabeça e teve fratura no joelho, o que o impediu de sair do ônibus logo após o acidente.

Segundo parentes de Costa, ele tentou desviar do carro que atravessou a pista, mas não conseguiu evitar a colisão. Ficou preso nas ferragens e foi resgatado por passageiros que conseguiram descer rapidamente. O coletivo fazia a linha entre Niterói, na região metropolitana do Rio, e Cabo Frio. A Via Lagos ficou fechada por duas horas durante a madrugada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.