Carro bate em coluna e derruba duas fachadas

- Você está louco? Essa foi a única frase, em tom de repreensão, que o serralheiro Isamar Nunes da Silva, de 44 anos, conseguiu dizer para seu funcionário, Neverton Nascimento da Silva, de 19, no fim da tarde de ontem. Quando ele voltou à serralheria, após um trabalho externo, o imóvel tinha perdido a fachada.

EDISON VEIGA, O Estado de S.Paulo

10 de agosto de 2012 | 03h02

A serralheria fica em um pequeno sobrado na Rua Jaguaribe, em Santa Cecília, região central. Por volta das 16 horas, Neverton estava sozinho no local e teria soltado o freio de mão de um Fiorino estacionado na garagem do imóvel. "Não sei por que ele fez isso", comentou Isamar. O carro se moveu e bateu em uma pilastra de sustentação. As fachadas da serralheria e da loja em anexo desabaram. Não houve feridos.

A área foi interditada pela Defesa Civil do Município. Até a noite de ontem, o trânsito de uma das faixas da rua continuava bloqueado na frente do imóvel. Uma equipe da Defesa Civil se encarregava de limpar os destroços. O fornecimento de energia elétrica de parte da rua precisou ser cortado, para evitar choques ao manusear a fiação.

Isamar acabou liberando seu funcionário logo após registro do boletim de ocorrência. "Ele estava muito nervoso. Vamos conversar melhor depois", afirmou. Isamar não sabe se Neverton tem carteira de habilitação, mas diz que ele nunca dirigia.

O imóvel é alugado. O administrador de empresas José Maria dos Santos, representante do proprietário, acompanhava o trabalho da Defesa Civil na noite de ontem. Demonstrando preocupação, ele disse que o prédio não tem seguro.

O Estado tentou falar com Neverton e com o dono da loja ao lado da serralheria, mas não conseguiu localizá-los. / COLABOROU RODRIGO BURGARELLI

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.