Carreta tomba e faz lentidão chegar a 162 km

O tombamento de uma carreta carregada com frutas que vinha do Porto de Santos fez a capital paulista registrar o quarto pior congestionamento para o período da manhã neste ano. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) demorou cerca de cinco horas para retirar a carreta, que bloqueou duas faixas da Marginal do Pinheiros, na pista sentido Castelo Branco, perto da Ponte Eusébio Matoso.

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2012 | 03h01

A pista chegou a ser totalmente fechada por volta das 9h15 para a remoção do veículo. Antes disso, duas das faixas da Marginal estavam bloqueadas. Na hora da interdição total, a cidade alcançou 162 quilômetros de lentidão - extensão quase 40% maior do que a média para as segundas-feiras, que é de 116 quilômetros.

Ninguém ficou ferido no acidente. A Secretaria Municipal de Transportes disse que a demora foi causada pelo tamanho do caminhão. "Foi um acidente com um veículo de grande porte que ficou em uma condição difícil de remoção. Nós fizemos atendimento a partir das 6 horas. Infelizmente, causou um enorme transtorno para a cidade. Mas esses acidentes têm diminuído por causa da restrição aos caminhões", disse o secretário Marcelo Branco. Embora a carreta estivesse circulando em horário permitido, o secretário ressaltou que a Prefeitura aumentou em 60% as multas para esse tipo de infração. /B.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.