Carreta roubada tomba em alça de acesso na Marginal do Tietê

A intenção da quadrilha, segundo a vítima, era levar apenas o cavalo trator, pois o grupo já havia roubado outra carga

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

05 Julho 2011 | 00h51

SÃO PAULO - Uma carreta biarticulada, que saiu de Suzano, na Grande SP, em direção ao Paraná, carregada com papelão e roubada por uma quadrilha, tombou, no início da madrugada desta terça-feira, 5, na alça de acesso da pista local, sentido Castello, da Marginal do Tietê, à Ponte da Freguesia do Ó, na zona norte de São Paulo.

 

O motorista, Carlos Ramirez, no momento do acidente, era mantido refém pelos bandidos em um de três veículos que faziam a escolta da carreta. A vítima foi dominada e liberada posteriormente também na Marginal. A intenção dos criminosos, segundo Carlos, era levar apenas o cavalo trator, pois a quadrilha já havia roubado outra carga e precisava apenas do veículo no qual ela seria engatada. Logo após o acidente, os bandidos liberaram Ramirez e fugiram.

 

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), ninguém ficou ferido. Às 3h35, segundo a CET, não havia congestionamento na região. Uma das faixas da alça foi liberada. Caso a carreta não seja retirada antes do horário de pico, o motorista que está na pista local no sentido Castello e necessita acessar a Ponte da Freguesia tem como opção seguir em frente e utilizar a Ponte do Piqueri.

 

Texto atualizado às 05h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.