Edison Temoteo/Futurapress
Edison Temoteo/Futurapress

Capitão da Rota é atingido por 10 disparos em tentativa de assalto

Bando invadiu casa de oficial enquanto PM recebia amigos para uma festa; policial sobreviveu e criminosos fugiram

Rafael Italiani, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2016 | 16h28

SÃO PAULO - Um capitão das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar (Rota) foi baleado com cerca de dez tiros, na noite deste sábado, 20, dentro de casa. A vítima sobreviveu. Segundo oficiais da Polícia Militar, o homem estava de folga e dava uma festa na residência onde vive com a família localizada no bairro do Rio Pequeno, na zona oeste de capital. 

O portão teria sido deixado aberto por distração e quatro suspeitos aproveitaram para invadir o local e fazer uma arrastão. Quando o bando descobriu que se tratava da casa de um policial militar, eles abriram fogo contra o capitão. O oficial da Rota ainda tentou desarmar um dos criminosos. Ao final do tiroteio, ele foi atingido de raspão na cabeça, mas outros disparos atravessaram partes do corpo como o rim e o intestino. Os criminosos fugiram do local sem levar nada e estão sendo procurados. 

O policial foi levado para pronto-socorro do Hospital Universitário e transferido para o Hospital Samaritano. A PM informou que o estado de saúde do policial era estável na noite do sábado. No entanto, segundo a Polícia Militar, a família do policial não autorizou que um novo boletim médico dele fosse divulgado neste domingo, 21. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.