Capital terá faixas exclusivas para carona hoje

Tanto a capital quanto o interior paulista preparam ações especiais para o Dia Mundial sem Carro. As ações tentam chamar a atenção para transportes alternativos e alertar sobre os efeitos negativos dos veículos nos municípios, grandes ou pequenos.

O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2011 | 03h02

Em São Paulo, o destaque é a criação de "faixas solidárias". Nelas, só é possível andar veículos com mais de uma pessoa, para estimular a carona. Outra medida é a ampliação do horário de pico de operação dos ônibus municipais. Em dias comuns, os picos são das 5h às 8h30 e das 16h às 20h. Hoje, esses horários serão das 5h às 9h e das 15h30 às 21h. Na prática, a medida coloca mais ônibus nas ruas.

Entidades promovem atividades paralelas, como organização de grupos para ir ao trabalho de bicicleta e intervenções artísticas em vagas de estacionamento.

Interior. Em Campinas, a organização da 3.ª Bicicletada espera que cerca de 500 pessoas participem do evento. A ação tem o objetivo de chamar a atenção do poder público para a possibilidade de adotar o meio de transporte alternativo e para a necessidade de ciclovias. Em 2010, os eventos do Dia Mundial sem Carro diminuíram os congestionamentos, segundo a Empresa Municipal de Desenvolvimento (Emdec). / B.R. e TATIANA FÁVARO

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.