Capital paulista registra três homicídios durante a noite

Duas das vítimas ainda não foram identificadas; polícia não possui informações sobre suspeitos

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

07 Julho 2011 | 05h51

SÃO PAULO - Três homicídios foram registrados entre as 20 e 23 horas de quarta-feira, 6, na capital paulista. Dois deles ocorreram na zona leste; o terceiro, na zona sul. Até o momento a polícia não possui nenhum suspeito pelos crimes.

 

Eram 20 horas quando testemunhas ligaram para a PM informando que ocupantes de um veículo prata abandonavam, em um terreno baldio, na Rua Bahia, em Cidade Tiradentes, zona leste, o corpo de um homem, de aproximadamente 30 anos. A vítima, ainda não identificada, foi encontrada com ferimentos a tiros e estava com as mãos atadas com fita adesiva. O caso foi registrado no 54º Distrito Policial, de Cidade Tiradentes, e será investigado pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

 

Quase uma hora depois, na altura do nº 316 da Avenida Arquiteto Vilanova Artigas, na região do Parque Teotônio Villela, policiais militares, após uma ligação feita ao 190 por moradores que ouviram disparos de arma de fogo, encontraram um rapaz, de cerca de 25 anos, baleado no rosto e na cabeça. Mesmo levada pelos PMs para o pronto-socorro da Vila Nhocuné, a vítima, que não portava documentos, não resistiu aos ferimentos e morreu. O assassinato foi registrado no plantão do 69º Distrito Policial.

 

Por volta das 23 horas, Gilberto Gomes de Souza, de 44 anos, foi baleado no peito e na cabeça por desconhecidos em um campo de futebol localizado na Rua Polinésia, região do Jardim Ângela, na zona sul da cidade. PMs ainda levaram Souza para o pronto-socorro do M´Boi Mirim, mas ele não resistiu. Não se sabe ainda quem atirou contra a vítima nem o motivo do crime. O caso foi encaminhado para o 47º Distrito Policial, do Capão Redondo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.