Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Capital paulista está em estado de observação para alagamentos

Segundo o CEG, o forte temporal deixou a cidade em estado de alerta, neste sábado, entre 19h12 e 21h41

Renata Okumura, O Estado de S.Paulo

04 Novembro 2017 | 20h23
Atualizado 04 Novembro 2017 | 21h58

SÃO PAULO - Depois do forte temporal que atingiu toda a capital paulista, a cidade está agora em estado de observação. Às 19h12, deste sábado, 4, toda a cidade entrou em estado de atenção para alagamentos. Por volta das 20h20, a região do Ipiranga ficou em estado de alerta. A situação ficou mais tranquila por volta das 21h40.

Na zona leste, motoristas relataram que, além da forte chuva, o trânsito também ficou congestionado. A Avenida São Miguel apresentou lentidão, no sentido do bairro, nas proximidades da Avenida Amador Bueno, por volta das 20h.

Também choveu forte no bairro do Limão, na zona norte, e na Vila Olímpia, na zona sul da capital.

As Marginais do Tietê e Pinheiros entraram em estado de atenção às 19h12, segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE).

De acordo com o CGE, as áreas de instabilidade vindas do interior dos Estados do Paraná e Santa Catarina, associadas ao avanço da frente fria pelo oceano, continuam causando chuva forte na Capital paulista. 

Imagens do radar meteorológico mostram precipitação moderada com pontos fortes em toda São Paulo, porém chove mais forte na zona Sudeste e na zona Sul nos bairros de Cidade Ademar, Campo Belo e Santo Amaro. 

As chuvas devem atuar em toda a capital paulista pelo menos até o fim da noite, com rajadas de vento e queda de granizo em algumas regiões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.