Capital paulista deixa estado de atenção após pancadas de chuva

Aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, registrou rajadas de vento de 43km/h às 17 horas

estadão.com.br, texto atualizado às 18h30

24 de fevereiro de 2012 | 16h35

SÃO PAULO - As chuvas diminuíram em toda a capital paulista na tarde desta sexta-feira, 24, e a cidade deixou o estado de atenção. As zonas norte, oeste e a Marginal do Pinheiros ficaram em atenção até às 17h35, enquanto que na zona leste e na Marginal do Tietê o estado terminou vinte minutos depois. Em todos os casos, o decreto foi feito às 16h17.

Conforme imagens de radar do Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), resta apenas precipitação fraca em praticamente todas as regiões. Na Grande São Paulo, ainda chove forte em parte de Santa Isabel, Arujá e Guarulhos. Nas demais Cidades, a precipitação é fraca. Nas próximas horas novas áreas de instabilidade ainda podem provocar chuvas na Capital, porém de maneira leve e em pontos isolados.

Às 17 horas, o Aeroporto de Guarulhos registrou rajadas de vento de 43km/h. A cidade ainda tem cinco pontos de alagamento. Os alagamentos estão na Avenida Antonio Munhoz Bonilha, com a Avenida Nossa Senhora do Ó; Viaduto Engenheiro Alberto Brada, junto da Praça Pietro Ubaldi; Rua Ricardo Cavatton, esquina com a Rua Hugo D'antola; Avenida Vital Brasil, perto da Praça Jorge de Lima, sentido centro; Marginal do Tietê, na pista local, sentido Castelo Branco, próximo da Ponte Freguesia do Ó.

A frente fria permanece no oceano nas proximidades do litoral paulista, mantendo o tempo instável nos próximos dias. Dessa forma, esperam-se dias com sol entre nuvens e temperaturas variando entre mínimas de 19ºC e máximas de 29ºC na Grande São Paulo. As chuvas continuam ocorrendo na forma de pancadas concentradas no período das tardes.

Mais conteúdo sobre:
chuvaatenção

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.