Cantor é investigado por aquisição de terreno

O cantor Vinicius Felix de Miranda, o Bruno da dupla sertaneja Bruno & Marrone, é alvo de uma ação do Ministério Público por causa de uma área obtida com a prefeitura de Uberlândia, em Minas Gerais. O terreno de 10 mil metros quarados foi adquirido por meio de troca: Miranda deu dois imóveis e R$ 3,7 milhões. Mas vereadores alegam que o terreno, avaliado em R$ 5 milhões na transação, vale R$ 15 milhões. Na tarde de sexta-feira a Justiça concedeu uma liminar suspendendo o negócio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.