Cantareira sobe pela 5ª vez na semana

Nível do reservatório chega a 20,2% nesta sexta-feira, 5; quatro sistemas tiveram queda

Rafael Italiani, O Estado de S. Paulo

05 Junho 2015 | 09h01

SÃO PAULO - Pela quinta vez na semana - sendo que três vezes consecutivas - o Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de 5,4 milhões de habitantes da Grande São Paulo, teve aumento no nível de água. De acordo com o relatório deste sexta-feira, 6, da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), o reservatório em crise teve subiu 0,1 ponto porcentual, passando de 20,1% para 20,2%. Em seis dias do mês de junho, o Cantareira teve três aumentos de nível, a mesma quantidade do mês anterior. Neste mês, ainda não houve queda. 

No entanto, a Sabesp registrou queda em quatro reservatórios: Alto Tietê, Guarapiranga, Rio Grande e Rio Claro. O Alto Cotia permaneceu estável. A Represa Guarapiranga acumula 19 quedas consecutivas no nível de água. O reservatório na zona sul de São Paulo abastece 5,6 milhões de pessoas e ganhou importância nos últimos meses por substituir o Cantareira no fornecimento para alguns bairros da capital paulista. Nos próximos meses, o nível da represa deve continuar caindo por dois fatores: estiagem e aumento na produção de água na Estação de Tratamento de Água (ETA) Boa Vista. 

Mais conteúdo sobre:
Crise da água Cantareira Sabesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.