Werther Santana/Estadão
Werther Santana/Estadão

Cantareira fica estável pelo 5º dia consecutivo

Já o Sistema Guarapiranga, que atualmente fornece água para mais habitantes do que o reservatório em crise, continua em queda

O Estado de S. Paulo

21 Maio 2015 | 09h15

SÃO PAULO - Pelo 5º dia consecutivo, o Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento de 5,4 milhões de habitantes da Grande São Paulo, permaneceu estável em 19,7%, segundo o boletim da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp), divulgado na manhã desta quinta-feira, 21. O reservatório que pode acumular mais de 1 trilhão de litros de água tem um total de 193,7 bilhões de água. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) já descartou que o manancial em crise apresente aumento no nível. 

Enquanto isso, a Represa de Guarapiranga, que no começo do ano ultrapassou o Cantareira em número de clientes da Sabesp atendidos, continua em queda. Entre o último dia 17 e esta quinta-feira, o reservatório da zona sul de São Paulo, que fornece água para 5,8 milhões de pessoas, perdeu 0,7 ponto porcentual. A represa está com 82,1% da sua capacidade máxima e tem 140,8 bilhões de litros de água acumulada.

Assim como o Cantareira, o Alto Tietê continua estável em 23,2%, de acordo com a Sabesp.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.