Candidatos a reitor da USP debatem ao vivo na 'TV Estadão'

A queda no ranking das 200 melhores universidades do mundo registrada neste ano. A relação aparentemente distante com a comunidade. Os protestos de estudantes e funcionários para ter maior participação na eleição para reitor. Os gastos elevados em relação à receita, que atualmente consomem as reservas da USP. Esses são alguns dos temas a serem debatidos entre hoje e amanhã, a partir das 15 horas, na TV Estadão, com os quatro candidatos a reitor da Universidade de São Paulo.

O Estado de S.Paulo

03 Dezembro 2013 | 02h12

A votação ocorre no dia 19. Cinco dias antes, será divulgado o resultado de uma consulta indicativa (sem efeito decisório) a todos os alunos, professores e funcionários. A eleição vai indicar uma lista tríplice e a escolha final será do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Hoje, serão sabatinados os professores Wanderley Messias e Marco Antonio Zago. Amanhã será a vez dos professores Hélio Nogueira da Cruz e José Roberto Cardoso. Os internautas poderão mandar perguntas aos candidatos.

Anulação. A Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) anunciou ontem que vai anular uma questão de Geografia da prova da primeira fase do processo seletivo para a Universidade de São Paulo (USP). Mais de 150 mil candidatos fizeram o exame, no dia 24 de novembro.

Segundo a assessoria de imprensa da Fuvest, o item V - 51 foi anulado por uma imprecisão na formulação do enunciado. Nas outras versões da prova, a mesma questão aparece como K - 38, Q - 05, X - 73, Z - 17. O professor José Coelho Sobrinho, coordenador de Comunicação da Fuvest, explicou que a pergunta tinha problemas por não considerar uma exceção climática do semiárido. De acordo com ele, não está prevista a anulação de outros itens.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.