Cancelamento prejudica passageiros de outros voos

Na noite de domingo, dois voos da TAM que partiriam do Aeroporto de Congonhas foram cancelados e causaram transtornos até para passageiros que não tinham nada a ver com a história. Quem deveria viajar no voo 3769 com destino a Londrina, às 21h42 de domingo, só decolou ontem às 7h07. Outro grupo, que embarcaria no mesmo dia às 22h30 para Ribeirão Preto, foi realocado no primeiro voo da manhã de ontem. Foi onde se encaixou o advogado Guilherme de Meira Coelho. "No domingo, o voo já estava atrasado quando levaram todo mundo até a aeronave, às 22h40. Na hora de subir, avisaram que não iríamos decolar porque o aeroporto havia fechado", conta. Para Coelho, os agentes da TAM disseram que o atraso foi por falta de tripulação.

Nataly Costa, O Estado de S.Paulo

23 de novembro de 2010 | 00h00

Ele só conseguiu embarcar ontem às 6h41. O produtor de eventos John Laudares, que era originalmente desse voo, não. "Cheguei uma hora antes e não consegui fazer check-in porque o voo já estava ocupado com as pessoas do domingo. Só embarquei às 10h42", diz Laudares, que teve também de trocar o voo de volta para São Paulo das 13h30 para as 21 horas. "Ia passar uma manhã em Ribeirão, agora tenho de ficar o dia todo."

Explicação. Em nota, a TAM informou que os cancelamentos foram causados pelo "fechamento de diversos aeroportos do País", impedindo decolagens antes do fechamento de Congonhas, às 23 horas. Segundo a Infraero, o único aeroporto sob sua administração que teve de fechar no domingo foi o de Uberlândia (MG), das 22h36 à 0h, por problemas meteorológicos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.