Campinas confirma mais duas mortes por dengue

Casos confirmados de dengue chegam a 40 mil; já são oito mortes em 2014

Letícia Guimarães Santos - Especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

12 Julho 2014 | 12h23

CAMPINAS - O Departamento de Vigilância em saúde (Devisa) de Campinas, confirmou que mais duas pessoas morreram por dengue, totalizando oito mortes pela doença este ano. Já são 40 mil casos confirmados em 2014, e outras quatro mortes com suspeita de serem decorrentes da doença, estão em investigação.

Segundo o departamento, as vítimas mais recentes são uma mulher de 45 anos, que faleceu em 6 de maio e era moradora da região Sudoeste, e um homem de 80 anos, morador da região Norte e que morreu em 13 de junho.

A Secretaria de Saúde da cidade divulgou um balanço de queda na incidência de dengue na cidade, após o pico da epidemia, em abril. Durante a fase mais crítica do surto da doença, houve 19,7 mil casos confirmados, uma média de 4.925 casos por mês. Já entre o início de junho e a última quinta-feira, dia 20, houve acréscimo de mil casos.

A região de Campinas soma 15 mortes por decorrência de dengue desde janeiro de 2014. Além das oito registradas Campinas, em Sumaré mais quatro pessoas faleceram, e Americana, Indaiatuba e Santa Bárbara d'Oeste, confirmaram um óbito em cada cidade. Campinas, Mogi Mirim, Mogi Guaçu e Americana continuam também com casos de epidemia de dengue.

 

Mais conteúdo sobre:
dengue Campinas morte por dengue

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.