Campanha tentará reduzir em 20% mortes no carnaval

Com uma campanha publicitária de R$ 5 milhões que entra no ar no domingo, o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) quer reduzir em pelo menos 20% o número de acidentes com mortes no carnaval, em relação ao mesmo período do ano passado. No feriado de 2011, 600 pessoas morreram nas estradas federais.

O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2012 | 03h05

Os porcentuais de acidentes nos 66 mil km de rodovias federais caíram nos últimos dois feriados prolongados. No último réveillon, a redução de acidentes com mortes foi de 44% em comparação com o ano anterior. Houve também diminuição de 27% dos acidentes no Natal de 2011, ante o de 2010.

A verba da campanha vem do Ministério das Cidades, que abriga o Denatran. O ministro Aguinaldo Ribeiro, que assumiu a pasta na semana passada, apresentou também um aplicativo para iPhone que permitirá aos usuários localizar pontos de táxi em todas as cidades do País. Pesquisas do Denatran indicam que a maioria dos acidentes nas estradas está associada a uso de bebidas alcoólicas. / LEONENCIO NOSSA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.