Campanha reduz em 61% os casos na região central

A quantidade de atropelamentos na região central de São Paulo apresentou uma redução menor no mais recente balanço da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), mesmo com o início da aplicação de multas para quem desrespeita os pedestres. Foram 13 atropelamentos nos 35 cruzamentos monitorados, entre 11 de maio (início da campanha) e o dia 10 deste mês - uma redução de 61% em relação ao mesmo período de 2010.

, O Estado de S.Paulo

20 de agosto de 2011 | 00h00

A redução havia sido maior nos outros levantamentos realizados. Foi de 69% entre 11 de maio e 10 de junho e de 64% entre 11 de maio e 10 de julho - em comparação com o mesmo período de 2010. A CET afirma que a redução menor está dentro da margem de erro da pesquisa,

Mesmo com a redução nos últimos meses, o final da semana foi violento no trânsito. Duas pessoas morreram atropeladas na noite de quinta-feira em Perus e em Pirituba, bairros vizinhos da região noroeste. Por volta de 18h30, ao tentar atravessar fora da faixa, na Avenida Doutor Felipe Pinel, José Carlos Castro, de 59 anos, foi atingido por um ônibus e morreu no local.

Dez minutos depois, um ciclista foi atropelado por um ônibus na Rodovia Anhanguera, região de Perus. Vicente Wellington Lima, de 45 anos, foi atingido ao invadir a faixa de rolamento, segundo testemunhas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.