Fabio Motta/Agência Estado
Fabio Motta/Agência Estado

Campanha de vacinação contra gripe termina hoje em SP, mas é possível se imunizar depois

Vacina protege contra vírus influenza e várias complicações da gripe; interessados podem se imunizar até término dos estoques de vacina

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2020 | 14h18

O Estado de São Paulo encerra nesta sexta-feira, 24, a campanha oficial de vacinação contra gripe deste ano, mas ainda é possível se imunizar nos postos de saúde até término das doses disponíveis.

No dia 30 de junho, a campanha foi prorrogada e estendida para toda a população. Qualquer um pode se vacinar, não somente os grupos prioritários, como, idosos,  pessoas com doenças crônicas e profissionais de saúde.

A vacina protege contra o vírus influenza e complicações da gripe, pneumonias entre elas. Também diminui o número de pessoas com problemas respiratórios, frequentes nesta época do ano, o que minimiza os impactos sobre os serviços de saúde em meio à pandemia de covid-19.

A meta da Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo é alcançar pelo menos 90% dos grupos prioritários. Foi atingido 100% de cobertura entre idosos, profisssionais de saúde e indígenas. Da população-alvo, crianças de 6 meses a 6 anos, gestantes, mulheres em pós-parto e pessoas de 55 a 59 anos tinham sido os menos vacinados até o início da prorrogação.

Ainda de acordo com a secretaria, a orientação é para que haja organização de filas nos postos, a fim de evitar aglomerações. Uma triagem é feita, para identificar se a pessoa tem algum sintoma de problema respiratório – presença de febre, tosse, coriza e falta de ar. Nesses casos, a pessoa não será vacinada

Tudo o que sabemos sobre:
pneumoniavacinavacinaçãogripe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.