Caminhoneiro atropela homem na Marginal Pinheiros e foge

Funcionário de empresa de guinchos estava rebocando carro na altura da Ponte do Jaguaré quando foi atingido

Daniela do Canto e Ricardo Valota, do estadao.com.br,

18 de dezembro de 2009 | 09h05

Um funcionário da empresa de serviços de guincho Auto Socorro Interlagos foi atropelado e morto por um caminhão, no final da noite desta quinta-feira, 17, no momento em que atendia a um Prisma quebrado na pista expressa da Marginal do Pinheiros, sentido Interlagos, a cerca de mil metros da Ponte do Jaguaré, no Jaguaré, na zona oeste de São Paulo. O caminhoneiro fugiu do local após atingir Valdecir de Oliveira, de 55 anos, que morreu no local.

 

Assim que o carro quebrou, o motorista do veículo - que era alugado - entrou em contato com a empresa Auto Socorro Interlagos. Enquanto esperava pelo guincho, ele foi vítima de bandidos, que jogaram uma pedra contra o vidro do passageiro do veículo. A pedra teria atingido o rosto do motorista, que foi socorrido, consciente, a um hospital da região. Os assaltantes fugiram levando um celular, um notebook e a carteira dele.

 

O guincho chegou ao local depois do assalto. Oliveira foi atropelado no final do serviço, por volta das 23h30, quando o Prisma já estava em cima da prancha. Ele aguardava do lado de fora do veículo, na pista da direita da Marginal do Pinheiros, quando foi atingido pelo caminhão, que, com a força do impacto, chegou a deixar uma das suas calotas junto ao corpo da vítima.

 

Segundo a polícia, até o final da madrugada desta sexta-feira, 18, o motorista do caminhão ainda não havia sido localizado. A ocorrência foi registrada no 91º Distrito Policial (Vila Leopoldina). A polícia não forneceu mais detalhes sobre o caso. A pista da Marginal teve de ser bloqueada parcialmente para a realização da perícia, mas já foi liberada, conforme a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Tudo o que sabemos sobre:
marginalatropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.