Caminhão tomba após acidente e deixa Marginal do Tietê lenta

Via expressa tem mais de 12 quilômetros de congestionamento; uma pessoa ficou ferida

Paulo R. Zulino, do estadao.com.br,

03 de abril de 2008 | 13h09

Um caminhão, dois veículos de passeio e uma motocicleta se chocaram na Marginal Tietê, na zona norte de São Paulo, e provocavam 12,9 quilômetros de lentidão, às 14h30. De acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), a lentidão na pista ia da ponte Júlio de Mesquita Neto, local do acidente, até a Ponte Aricanduva, no sentido Penha/Lapa, pista expressa.   O acidente ocorreu por volta das 12 horas. De acordo com a CET, o caminhão tombou na via e, até as 14h30, ocupava duas faixas da esquerda. Segundo o Corpo de Bombeiros, uma pessoa ficou ferida e foi levada ao Hospital Geral da Vila Penteado.   O congestionamento também se estendia por 11,6 quilômetros da pista local da Marginal do Tietê, entre as pontes Júlio de Mesquita Neto e a região do Hospital da Vila Maria, sentido Penha/Lapa.   Lentidão   A cidade de São Paulo apresentava 70 quilômetros de congestionamento, às 14h30, o que representa 8,3% dos 835 quilômetros de vias monitoradas. Segundo a CET, o índice estava acima da média para o horário, que é de 8,1%.   No sentido Lapa/Penha da Marginal do Tietê, havia 6 quilômetros de lentidão, entre a região da Ponte do Limão e a Avenida Doutor Gastão Vidigal, pela pista expressa.   Já a pista expressa da Marginal do Pinheiros apresentava 3,4 quilômetros de morosidade, da Rua Quintana até a Ponte Eusébio Matoso, no sentido da Rodovia Castelo Branco.   Texto atualizado às 14h50 para acréscimo de informação   (Colaborou Ítalo Reis, do estadao.com.br)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.