Caminhão é incendiado por assaltantes em posto de gasolina

Segundo informações, o incêndio foi criminoso mas não houve feridos

Oswaldo Faustino, do estadao.com.br

03 de novembro de 2007 | 15h01

Um caminhão foi  destruído por um incêndio, pouco antes de 1 hora da madrugada deste sábado, em um  posto de venda de combustíveis da  na zona leste da capital. Soldados de quatro guarnições do Corpo de Bombeiros controlaram as chamas e impediram que o fogo se alastrasse pelo posto provocando uma grande explosão. Segundo informações, foi um incêndio criminoso, mas ninguém se feriu.   Dois homens chegaram àquele posto, em frente à estação Cidade Patriarca no Metrô, afirmando que queriam comprar um galão de gasolina. Quando eram atendidos, anunciaram assalto. Queixando-se de que a quantia que lhes foi entregue era pequena, despejaram o conteúdo do galão num caminhão que estava no posto e atearam fogo, fugindo em seguida.   Ao serem acionados,  os bombeiros souberam que o posto de combustíveis estava em chamas. Por isso foram encaminhadas sete guarnições, mas assim que a primeira chegou ao local e se constatou que não se tratava de incêndio de grandes dimensões, as três últimas foram dispensadas.   O inquérito policial foi instaurado na delegacia de Vila Matilde (21ºDP) e a polícia não informa a quantia levada pelos criminosos. Nenhum deles foi localizado durante a madrugada.

Tudo o que sabemos sobre:
ônibusincêndio

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.