Câmera flagra furto de notebook em Cumbica

Colombiano, que já foi preso 5 vezes, tentou levar equipamento de passageiro em check-in; funcionários do aeroporto chamaram a polícia

O Estado de S.Paulo

11 Maio 2013 | 02h05

Apontado pela polícia como um especialista em furtos de notebooks em São Paulo, o colombiano Luis Alejandro Aguillon Saenz, de 30 anos, foi preso às 6h50 de ontem em flagrante pouco depois de, segundo a polícia, ter feito mais uma vítima. Desta vez, ele foi flagrado pelas câmeras do Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos.

O saguão é um dos locais preferidos dos ladrões que agem em Cumbica - o aeroporto registrou 116 furtos em março e 78 em abril. Foi lá que Saenz apanhou a mala com o notebook de um vendedor de 25 anos que fazia o check-in eletrônico para embarcar em um voo da Gol. A ação do ladrão foi flagrada pelas câmeras da GRU Airport, cujos funcionários chamaram a polícia. Momentos depois, o acusado foi detido.

Na delegacia, Saenz se recusou a depor. Ele já havia sido preso cinco vezes por furto em São Paulo, a última em 2012. "Ele havia sido solto em março", disse o delegado Marcelo Caio Ferrari, da Delegacia do Aeroporto. / MARCELO GODOY

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.