Camelôs: SP vai recorrer de liminar

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) afirmou ontem que a administração municipal vai recorrer "respeitosamente" da decisão da Justiça que garantiu, em caráter liminar, que camelôs que tiveram a licença cassada poderão continuar trabalhando nas ruas.

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2012 | 03h04

A juíza Carmen Cristina Teijeiro e Oliveira definiu como "desumano" o tratamento dado pela atual gestão aos ambulantes. "É evidente que entendemos com naturalidade qualquer divergência que existe. Essa é a essência da democracia", disse Kassab.

No dia 19, foram revogadas as licenças dos 470 vendedores que ainda trabalhavam no centro, dando um mês de prazo para eles desocuparem as calçadas. A medida atinge deficientes físicos e idosos, que a Prefeitura quer pôr em feiras livres. / A.R.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.