Camelôs protestam no Brás e incendeiam dois ônibus

Segundo PM, ambulantes também quebraram vidro de dois veículos da polícia

Mônica Reolom, O Estado de S. Paulo

19 Dezembro 2013 | 21h21

Cerca de 150 camelôs atearam fogo em dois ônibus por volta das 19h30 no Largo da Concórdia, no Brás, região central de São Paulo. Os ambulantes teriam ficado revoltados depois que policiais militares começaram a retirá-los da região e então fizeram um protesto.

Segundo a Polícia Militar, os camelôs atiraram pedras nos policiais e acabaram quebrando os vidros de dois carros da polícia.

Três viaturas do Corpo de Bombeiros foram enviadas ao local. O fogo foi controlado por volta das 20h, e os manifestantes se dispersaram. Até as 21h, ninguém havia sido preso.

A Avenida Rangel Pestana, na altura do largo, foi bloqueada e, a partir das 19h50, os ônibus em circulação foram desviados para as vias ao redor, segundo a São Paulo Transporte (SPTrans).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.