Eduardo Martins/Agência a tarde
Eduardo Martins/Agência a tarde

Camarotes de Salvador: vips e muita mordomia

Serviços incluem salão de beleza, internet, massagem e até passeio de helicóptero

Tiago Décimo, O Estado de S.Paulo

07 Março 2011 | 00h00

Antes criticados nos anos 1990 por descaracterizar o carnaval de Salvador, os camarotes conquistaram o público com shows exclusivos, presença de celebridades e muita mordomia. Os preços, porém, são salgados - chegam a R$ 1.290 por pessoa, por dia. Isso quando há venda: alguns dos mais badalados espaços, como os de Daniela Mercury e Gilberto Gil (2222), são exclusivos para convidados.

Nos mais famosos e concorridos, o pacote de serviços padrão inclui praça de alimentação, fornecimento de bebidas, serviços de salão de beleza e sala de massagem. Alguns espaços ainda promovem shows próprios, têm pista de dança, dão acesso à praia, têm computadores com internet, entre outras mordomias. Alguns oferecem até a possibilidade de passear de helicóptero sobre o circuito.

Nos anos 1990, quando começaram a se popularizar, os camarotes foram criticados. Os artistas que comandavam os trios alegavam que eles davam lucro a seus proprietários usando as apresentações musicais "gratuitas". Além disso, temia-se que os camarotes esvaziassem os blocos: à época, os ingressos eram mais baratos. Aconteceu o contrário: mais público chegou ao carnaval de Salvador. E os serviços elevaram os preços, hoje acima dos cobrados pelos blocos.

Os artistas e suas empresas passaram a investir em espaços do gênero no Circuito Dodô (Barra-Ondina). Daniela Mercury foi a pioneira: instalou seu camarote há 16 anos, com capacidade para mil pessoas. O de Gilberto Gil tem 13 anos. Neste carnaval, as cantoras Ivete Sangalo e Cláudia Leitte inauguraram espaços semelhantes.

Já o mais badalado dos camarotes comerciais, o Salvador, é também o mais caro: a entrada custa entre R$ 590 e R$ 1.290. O valor inclui apresentações de DJs, como David Guetta e Fatboy Slim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.