Camarote da Prefeitura terá decoração temática

Com adereços, área de2 mil m² terá mezanino e espaço para os convidados personalizarem suas roupas

Marcela Spinosa, Jornal da Tarde

17 Fevereiro 2009 | 06h07

Os enredos migraram das escolas de samba para os camarotes do Sambódromos do Anhembi neste ano. O da Prefeitura terá como tema Terra,Fogo, Água e Ar fazem a vida girar. Com adereços feitos com materiais recicláveis, a área de quase 2 mil metros quadrados terá um mezanino e um espaço para os convidados personalizarem suas roupas. Veja também: Cobertura completa do carnaval 2009  Blog: dicas para quem quer curtir e para quem quer fugir da foliaEspecial: mapa das escolas e os sambas do Rio e de SP    O abre-alas do camarote será a porta de entrada e o lounge do espaço. Os quatro elementos serão percebidos no jogo de luz nas cores vermelha, verde, azul e verde-água. "Os elementos da natureza são essenciais para a vida. Sem eles, tudo que existe no mundo desapareceria", diz o Wado Gonçalves, diretor de criação da Cricittá, empresa que, pelo quarto ano, faz a decoração do camarote oficial.  No lounge, além de um café, haverá um espaço para os convidados estilizarem suas roupas. Monitores ajudarão os foliões na customização das peças.  Já a área que dá vista para a avenida foi dividida em quatro alas: terra, fogo, água e ar. Nas paredes haverá telões com passagem de vídeos e fotografias sobre sustentabilidade, além de palavras de impacto, como calor, tranquilidade, energia, correspondentes a cada elemento da natureza. O camarote foi revestido com quase cinco mil metros de tecido preto para que a luz do sambódromo não atrapalhe a iluminação do espaço. Cerca de 50 globos de espelhos e lustres com quase cinco metros são os responsáveis por dar a cor a cada tema do enredo e por lançar pelas paredes e piso projeção de imagens como ondas, riscos e bolas.  A decoração foi feita com materiais recicláveis. Foram usados mais de 2 mil CDs, 20 mil tampinhas de latinhas e 11 mil garrafas PET, que foram transformadas em lustres. E a reciclagem não acabará junto com a folia. Depois do carnaval, todos os materiais serão devolvidos para associações de catadores e ONGs.

Mais conteúdo sobre:
carnaval 2009

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.