Câmara planeja reunir 2,5 mil pessoas no Anhembi para debater Plano Diretor

Vereadores marcaram para o dia 26 a discussão e aprovação do texto que deve, em seguida, ser encaminhado para primeira votação

19 Março 2014 | 18h01

SÃO PAULO - Com o apoio da gestão Haddad, a Câmara Municipal vai promover no primeiro fim de semana de abril, dias 5 e 6, um megaevento para divulgar o novo Plano Diretor em desenvolvimento pelo governo. De acordo com o relator do projeto, vereador Nabil Bonduki (PT), a ideia é debater a proposta com mais de 2,5 mil pessoas no auditório do Anhembi, zona norte de São Paulo.

Nesta terça-feira, 19, durante reunião da Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente, os vereadores também marcaram para o dia 26 a discussão e aprovação do texto que deve, em seguida, ser encaminhado para primeira votação em plenário. Os vereadores que compõem a base governista planejam obter essa primeira autorização em abril para, até o fim do semestre, conseguirem transformar o novo Plano Diretor em lei.

O texto que tramita na Casa tem como foco principal incentivar o desenvolvimento da cidade no entorno dos chamados eixos de transporte, vias abastecidas de corredores de ônibus, faixas exclusivas ou linhas de metrô. Nesses locais, a Prefeitura vai permitir maior verticalização, ao mesmo tempo em que pretende limitar o número de vagas de garagem. De acordo com regimento interno da Câmara, o projeto precisará obter 33 votos para ser aprovado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.