Ed Viggiani/Estadão
Ed Viggiani/Estadão

Câmara de SP aprova projeto que proíbe venda de narguilé a menores de 18 anos

Autor da proposta destaca riscos à saúde; texto vai à sanção do prefeito João Doria

O Estado de S. Paulo

08 de junho de 2017 | 19h24

A Câmara de São Paulo aprovou nesta quarta-feira, 7, em segunda votação, um projeto de lei que proíbe a venda de narguilé - uma espécie de cachimbo com filtro de água aspirado por meio de uma mangueira - a menores de 18 anos. 

A proposta segue agora para sanção ou veto do prefeito João Doria (PSDB). As informações são da Agência Brasil

De acordo com o autor do projeto, vereador Alessandro Guedes (PT), "o objetivo é conscientizar pais e filhos sobre os danos que o narguilé causa à saúde das pessoas". Segundo Guedes, uma sessão de narguilé equivale a fumar cerca de 100 cigarros. 

Segundo o Ministério da Saúde, o narguilé pode causar doenças como câncer de pulmão, boca e bexiga, além de estreitamento das artérias e doenças respiratórias. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.