Câmara cede senha de internet para sem-teto acampados

Com o empréstimo, parte dos funcionários ficou sem poder utilizar o serviço, que foi restabelecido por volta das 15h

Adriana Ferraz , O Estado de S. Paulo

25 de junho de 2014 | 15h33

SÃO PAULO - Os sem-teto que acampam dentro e fora da Câmara Municipal tiveram acesso nesta terça-feira, 24, a duas senhas para uso de wi-fi - uma delas chegou a ser exposta no painel eletrônico do plenário após o término da sessão. Com o empréstimo, parte dos funcionários ficou sem poder utilizar o serviço, que foi restabelecido por volta das 15h.

Durante a noite, o uso da internet distraiu cerca de 50 manifestantes que dormiram nas galerias do plenário. Eles também receberam um lanche oferecido pelo vereador Calvo (PMDB). "Foi pão com queijo e mortadela", disse Zelídio Barbosa, de 36 anos. Acompanhado da mulher, Karla Lima, de 28, ele dormiu no chão. "Vamos ficar hoje também e quanto tempo for necessário até que se vote o Plano Diretor."

A previsão é que o projeto que reordena o crescimento da cidade pelos próximos 16 anos seja votado até o fim da semana. Representantes da oposição, no entanto, afirmam que a proposta será levada a plenário só no segundo semestre.

Tudo o que sabemos sobre:
Câmarasem-tetointernet

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.