Filipe Araújo/Estadão
Filipe Araújo/Estadão

Câmara afirma ter economizado água no ano passado

Em nota, presidência da Casa diz que houve aumento no consumo durante período em que foi realizada ampla reforma

Diego Zanchetta, O Estado de S. Paulo

10 Fevereiro 2015 | 18h50

Em nota divulgada no final da tarde desta terça-feira, 10, a Câmara Municipal afirmou ter realizado redução no consumo de água em 2014. A assessoria da presidência da Casa diz que o hidrômetro da Rua Santo Amaro, onde foi registrado aumento de mais de 200% no consumo dentre 2013 e 2014, conforme mostrou o Estado, pertence ao edifício-garagem do Palácio Anchieta destinado a servidores públicos e mantido pela Prefeitura. 

"O prédio era usado exclusivamente como estacionamento de veículos de servidores municipais, havendo, portanto, pouco consumo de água. A partir de julho de 2013, este edifício passou ao controle da Câmara, que iniciou uma ampla reforma. Por se tratar de uma obra estrutural, consequentemente houve elevação do consumo de água", informou a presidência do Legislativo.


A presidência diz ter reduzido o consumo de água no hidrômetro da Rua Santo Antonio em 7,23% entre 2013 e 2014. Mas, em relação ao porcentual de redução de 20% sobre o consumo médio verificado entre janeiro de 2013 e fevereiro de 2014, definido em portaria pelo prefeito Fernando Haddad (PT) no dia 15 de janeiro, esse hidrômetro registrou aumento no consumo de cerca de 30%.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.