JB Neto/AE
JB Neto/AE

Caixa subterrânea explode na Avenida Angélica

Técnicos da Companhia de Gás de São Paulo foram ao local para assegurar que não houvesse vazamento de gás

Valéria França, de O Estado de S. Paulo,

20 Novembro 2011 | 00h21

SÃO PAULO - Uma caixa subterrânea de fiação elétrica e de gás explodiu por volta das 21 horas de ontem na calçada da Avenida Angélica, no número 172, próximo do Elevado Costa e Silva, na região central. Houve três explosões, que provocaram labaredas de dois metros de altura. Os bombeiros chegaram rapidamente ao local e ninguém se feriu.

“Eu estava trabalhando quando escutei a primeira explosão. Saí e vi o fogo, foi quando ocorreram mais duas explosões”, disse a gerente de um restaurante, Paula Barbosa, de 27 anos. “Todo mundo ficou assustado.”

Técnicos da Companhia de Gás de São Paulo (Comgás) foram ao local para assegurar que não houvesse vazamento de gás.

As causas das explosões ainda estão sendo investigadas.

Mais conteúdo sobre:
Avenida Angélicaexplosão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.