Caixa eletrônico pega fogo e bandidos abortam ação no ABC

PMs e bombeiros foram acionados por um pedestre que viu o caixa em chamas; nenhum suspeito foi detido até agora

29 Julho 2011 | 05h28

SÃO PAULO - Criminosos tentaram levar, por volta das 22h30 de quinta-feira, 28, o cofre de um dos caixas eletrônicos instalados no hall de entrada da agência do Banco Santander localizada na altura do nº 156 da Rua Correia Dias, no centro de Santo André, no ABC.

 

Uma pessoa que caminhava pela calçada, ao passar em frente ao banco, viu uma das máquinas em chamas e ligou para o 190. Os bombeiros e policiais militares da 1ª Companhia do 41º Batalhão foram acionados, mas nenhum suspeito foi detido na região.

 

Segundo a polícia, há indícios de que os criminosos teriam usado um maçarico na tentativa de arrombamento e que, com as chamas fora de controle, abortaram a ação e fugiram. Nenhuma ligação informando sobre barulho de explosão foi feita para o Centro de Operações da PM. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial da cidade.

 

Ataques

 

De janeiro até julho, já são 89 casos de ataques a caixas eletrônicos ocorridos, no período noturno, na região metropolitana de São Paulo e apurados pela reportagem do estadão.com.br. Foram 45 casos na Capital e 44 nas cidades da Grande São Paulo. Em 62 dos 89 casos, os criminosos estavam munidos de explosivos; e, em 23, maçaricos, segundo a polícia. Nos outros quatro casos, os bandidos tentaram ou conseguiram carregar o caixa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.