Cai o nível de quatro sistemas de água que abastecem SP

No Cantareira, o maior de todos na Grande São Paulo, reserva baixou 0,1 ponto percentual em um dia

O Estado de S. Paulo

06 Dezembro 2014 | 12h29

SÃO PAULO - Os níveis de quatro dos seis sistemas de reserva de água da Grande São Paulo caíram neste sábado, 6, revelam dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). Até mesmo o Cantareira, o principal sistema, registrou diminuição de seu nível em relação a sexta-feira, 5. Ali, a taxa caiu de 8,2% para 8,1%.

Esses dados já levam em consideração a segunda reserva do chamado volume morto, que fica abaixo do nível das comportas. 

No Sistema Alto Tietê, a queda foi de 5,1% para 5%. No Guarapiranga, os reservatórios baixaram de 32,3% para 32,2%. O Sistema Rio Grande, que está numa situação mais confortável, a redução foi de 62,9% para 62,7%.

Por sua vez, os Sistemas Rio Claro e Alto Cotia permaneceram estáveis: ambos com 29,9% de suas capacidade.

Mais conteúdo sobre:
Sistema Cantareira crise hídrica

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.