Cai morte de crianças em acidentes domésticos

O País teve queda nos óbitos de crianças de até 10 anos de idade por acidentes domésticos na última década, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde. O número caiu de 868 em 2000 para 595 em 2010, o que representa redução de 31%. As principais causas de mortes foram os riscos acidentais à respiração (como sufocação na cama, asfixia com alimentos e outros), seguidos pelos afogamentos.

O Estado de S.Paulo

09 de dezembro de 2012 | 02h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.